sábado, 20 de agosto de 2011

Uma(s) flashadas




Tudo, o vento levou


Estranha captação do Sol

O primeiro mergulho do ano na Praia da Claridade na Figueira da Foz














Figueira da Foz dia 20 de Agosto de 2011 pelas 09h10

Descanso do “guerreiro”


Lançamento do Papagaio



sexta-feira, 19 de agosto de 2011

" Espirito do tempo"

Café Santa Cruz







Toca a reunir em defesa da Loja do Cidadão




Pedro Barroso-Anúncio Confidencial


Quem será o verdadeiro culpado da morte pelos 600 euros?

Não vou nem posso me alongar muito sobre este assunto por questões profissionais.
Quero iniciar este meu artigo afirmando categoricamente que o Carlos Cidade simplesmente cumpriu o seu dever de Vereador e a Comunicação Social desempenhou o seu papel que é de trazer a publico estas noticias, mas não se deve esquecer que estas questões devem ser tratadas com muito cuidado.
Se ambos os casos de desvio de dinheiro estão interligados ou não o tempo o dirá ou não!
Em relação ao caso dos 600 euros, aposto que existe por este Portugal fora muitos casos de 600 euros ou de menor montante, a crise que tanto apregoam e que é real leva a estes actos de desespero, ninguém poderá dizer que desta água não beberei.
Se por ventura desviou os 600 euros foi por necessidade financeira, é neste pressuposto que quero acreditar. Se meteu termo á vida por vergonha do que fez, já que segundo a comunicação social ele assumiu que o tinha feito, demonstra que tinha sentido de responsabilidade e só cometeu tal acto por puro desespero.
É com tristeza que escrevo que situações destas infelizmente vão acontecer de forma quase diária, uma grande percentagem das famílias portuguesas já não conseguem pagar as suas despesas mensais. Pergunto eu, será que só as famílias são as culpadas por fazerem uma vida que não está ao seu alcance?
Será que os Bancos não são responsáveis também pela forma que incentivavam ao crédito?
Será que os Governos não são responsáveis também pelas políticas e gastos astronómicos no afundamento de Portugal?
Será que o corte nos vencimentos e a extinção do abono de família a muitos portugueses não contribui para situações destas?
Ninguém é responsável por tudo isto?
Só o desgraçado do pequeno trabalhador é que tem de pagar a factura nem que seja com a sua própria vida em acto de desespero?
Quero deixar aqui os meus mais sinceros sentimentos a toda a família, embora eu não conheça a pessoas em causa sou amigo de alguns familiares.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Vamos nos unir contra o encerramento da Loja do Cidadão em Coimbra.


Ao ler um post no Blogue Questões Nacionais e de visualizar o vídeo acerca do possível encerramento da Loja do Cidadão em Coimbra, levou-me a questionar alguns moradores, comerciantes da baixa de Coimbra acerca do assunto.
Todos foram unanimes a afirmar que se o encerramento ou deslocação da Loja do Cidadão para outra localização para fora da baixa da cidade, vai ser o enterro definitivo do que resta do comércio tradicional. É caso para dizer que vão enterrar vivo o que resta do comércio na baixa da cidade.
Lanço aqui um alerta em forma de pedido para mobilizar todas as forças vivas da cidade, sejam elas partidos políticos, incluindo o próprio PSD, Câmara Municipal de Coimbra, ACIC, APBC, comerciantes, moradores, Juntas de Freguesia e os cidadãos anónimos, para nos juntarmos e consciencializarmos todas as pessoas para o risco do encerramento da nossa Loja do Cidadão.
Eu preponha num Sábado do próximo mês de Setembro um cordão humano em volta do edifício da Loja do Cidadão para demonstra-mos a este Governo que não pode ser o coveiro do comercio tradicional na baixa de Coimbra.
Conto com a colaboração de todos e vou criar um evento público na minha página do Facebook.



Noite Branca a 2 de Setembro em Coimbra

Está na hora de alguém mais ser transferido dos SMTUC

Meu comentario via Facebook acerca do encerramento da estação dos CTT

Desabafo de Silvano Martins acerca de uma nova duplicação de eventos pela CMC

Hoje a ler o desabafo de Silvano Martins nas Beiras, apeteceu-me dizer porra para esta porcaria, novamente a duplicação de eventos por parte da CMC e logo na Freguesia de São Bartolomeu.

Basta de tanta incompetência.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Caminho com Pedro a caminho de Espanha





No meio destas fotografias, algo continua a destoar, mesmo após já ter chovido algumas vezes…

Nem a Feira das Cebolas escapou a noite passada! Assalto ou vandalismo?



Hoje pelas 8 da manhã enquanto bebia café num dos estabelecimentos da Praça do Comercio, tive conhecimento que durante a noite vandalizaram ou tentaram assaltar um das “barracas” que se encontra ao serviço da Feira das Cebolas.