segunda-feira, 16 de maio de 2011

Ainda o caso Dominique Strauss-Khan

O director do FMI, Dominique Strauss-Khan, que se envolveu num escândalo sexual, estava nos Estado Unidos a título pessoal ou profissional?

No meu entender se estava a nível pessoal, tem de responder pelos possíveis crimes que cometeu e sofrer as devidas sanções tanto a nível pessoal como a nível profissional (Director do FMI), mas se estava a nível profissional, existe outra situação que ainda não vi nenhum órgão de comunicação social a explorar, mais precisamente o valor diário do quarto que esse senhor alugou, salvo euro 2000 euros por dia!
Quem paga o aluguer do quarto?
Enviar um comentário