sábado, 8 de setembro de 2012

Brilhante ideia deste (des) Governo para acabar com Portugal.



A redução da taxa para a Segurança Social para os patrões e o aumento da mesma para os trabalhadores, só tem um significado; impulsionar um novo 25 de Abril, mas desta vez sem cravos vermelhos. Como é mais que sabido as entidades patronais por ficarem a descontar menos não vão empregar mais ninguém, esta medida não vai impulsionar o emprego, mas sim estrangular ainda mais a economia.
Os trabalhadores a ganharem ainda menos do que ganhavam em 2010, logo vão passar a consumir ainda menos.
Sei muito bem que a hora escolhida para anunciar mais este ataque aos trabalhadores não foi inocente e tinha premeditado o efeito Seleção de Futebol, mas como não me deixo enrolar por estes (des) governantes que nada fizeram na vida a não ser lixar o povo que ainda tem trabalho, as crianças e os idosos eu vou passar a explicar de uma forma bem simples o que Passos Coelho anunciou ontem.
Para quem ainda não entendeu a facada que o Governo deu ontem aos portugueses e para aqueles que não querem entender aqui deixo um pequeno exemplo do que vai acontecer a partir de Janeiro:
Quem recebe o ordenado mínimo até aqui descontavam para a Segurança Social 53 euros por mês e agora a receber o mesmo ordenado mínimo vai passar a descontar 87 euros por mês. Isto significa que vai começar a receber menos pelo mesmo trabalho.
Enviar um comentário