terça-feira, 13 de agosto de 2013

Carta/Requerimento à Directora da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares – Direcção Serviços da Região Centro.

Jorge Manuel da Fonseca Neves, Representante dos Pais e Encarregados de Educação e uma delegação de Pais e Encarregados de Educação, exigem a abertura/validação de uma turma do 5º Ano na Escola Jaime Cortesão, Sede do Agrupamento de Escolas Coimbra Centro, conforme estava previsto e chegou a estar validada.
Lamentamos profundamente a maneira como a Senhora Directora da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares – Direcção Serviços da Região Centro, tratou este assunto, não tendo em conta o superior interesse das crianças/alunos, lamentamos que tenham validado a turma e passados poucos dias a tenham invalidado com a simples justificação que se tratou de um erro. Os pais foram informados que a turma tinha sido validada e alguns providenciaram a compra dos manuais escolares, e mesmo que os pais não tivessem sido informados da validação da turma, todos estavam a contar com o funcionamento da turma do 5º ano na Escola Jaime Cortesão foi essa a condição dos alunos se manterem no Agrupamento e não se transferirem para o Ensino privado, sem esquecer que existiram quatro (4) transferências de alunos do Agrupamento Martim de Freitas para a turma do 5º ano da Escola Jaime Cortesão, e que no acto da matricula para alem da pressão para não saírem desse Agrupamento nada lhes foi informado que não podiam matricular os seus educandos na Jaime Cortesão porque não iria haver turma.
Não aceitamos este ataque aos alunos em causa e ao ensino público.
É triste ver todos os dias as nossas crianças a abandonaram a escola publica e quando querem prosseguir os seus estudos são surpreendidos com esta crueldade.
A nossa Sede de Agrupamento, Escola Jaime Cortesão, garante aos pais e às crianças todas as condições para o funcionamento da turma do 5º ano.
A escola possui uma localização privilegiada, no centro da cidade, onde trabalha a maioria dos pais dessas crianças, é a única escola pública da margem direita, onde funciona as Escolas Primárias do Agrupamento, que pode assegurar a continuidade dos alunos no Agrupamento e os seus estudos.
Este Governo não pode virar as costas a estas crianças e os pais e encarregados de educação vão levar este assunto até às últimas consequências, estão todos unidos.
Os pais e encarregados de educação decidiram por unanimidade não transferir ou deixar transferir os seus educandos para outra Escola seja ela do Agrupamento ou não, e no dia da abertura do ano lectivo, apresentam-se com os alunos na Escola Jaime Cortesão, exista turma ou não, para dar início ao ano lectivo 2013/2014.
Queremos a validação da turma do 5º ano no Jaime Cortesão já!
Por uma escola pública, de qualidade e democrática!


Coimbra, 13 de Agosto de 2013

Os signatários

Enviar um comentário