quinta-feira, 24 de outubro de 2013

União de Freguesias de Coimbra sem Junta e sem Assembleia de Freguesia

A MINHA OPINIÃO

Já deu para saber que a União de Freguesias de Coimbra continua sem Executivo e Assembleia de Freguesia. Como as eleições são para a Assembleia de Freguesia, eu defendo que o presidente da Assembleia deve ser do Partido mais votado e o resto da constituição da mesa pelos dois partidos que mais votos tiveram a seguir, caso estes não aceitem devem ser os dois lugares de secretário ocupados pelo partido mais votado. O Executivo deve ser composto neste casa da União de Freguesias de Coimbra por três elementos do partido mais votado (Presidente-Secretário- Tesoureiro) e os dois lugares de Vogais executivos por dois elementos entre os outros partidos (eleição nominal sem incluir representantes do Partido vencedor das eleições). Neste caso em concreto defendo que devia ficar como Vogal uma pessoa da Freguesia de São Bartolomeu e outra da Almedina, já que a Sé Nova e Santa Cruz já estão representados no Executivo.
Enviar um comentário