quarta-feira, 9 de abril de 2014

Vigília junto ao local da derrocada na Foz do Caneiro dia 10 de Abril a partir das 19h00

Esta fotografia já em três meses, as pedras já não se encontram no local.

Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra
“ A nossa estrada é a nossa rua”

Vigília junto ao local da derrocada na Foz do Caneiro dia 10 de Abril a partir das 19h00

É com uma profunda indignação e revolta que a Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 se sente novamente enganada pela Estradas de Portugal S.A devido ao segundo adiamento consecutivo para a reabertura da Estrada Nacional 110 na Foz do Caneiro que se encontra encerrada à circulação automóvel e pedonal há três meses devido a uma derrocada a 15 de Janeiro.
A comissão de utentes da EN110 entre Penacova e Coimbra promove, na quinta-feira dia 10 de Abril, uma vigília junto ao local da derrocada, em protesto contra o que apelidamos de incompetência e desprezo pela população que utiliza diariamente a Estrada Nacional 110.
A acção de protesto está marcada a partir das 19:00, junto ao local da derrocada na Foz do Caneiro e em comunicado, os promotores da vigília apontam como razões para a iniciativa, entre outras, o não cumprimento da data de 10 Abril para a reabertura de uma via à circulação automóvel de forma alternada conforme nos foi confirmado por escrito pelo Gestor do Cliente – Estrada Livre da EP, o encerramento da estrada há 3 meses, os sucessivos adiamentos para a reabertura de uma faixa de rodagem que permita a circulação alternada, o constante desprezo das Estradas de Portugal para com os utentes e moradores e vamos solicitar ao Ministro da Economia a demissão do senhor Eng. Francisco Miranda – Director das Estradas de Portugal Coimbra – Norte.
 A vigília pretende alertar que a não reabertura de uma faixa à circulação automóvel está a causar efeitos nefastos e que estão a causar situações muito problemáticas a nível familiar, económico e ao turismo local.

Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra
Penacova 09 de Abril de 2014
Enviar um comentário