segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Um brado de alerta para a baixa de Coimbra

Fotografia da Web

Um brado de alerta para a baixa de Coimbra

Entre muitos outros problemas na baixa de Coimbra vou-me debruçar sobre dois ou três pontos que ultimamente têm vindo a degradar e a afastar pessoas da baixa de Coimbra.
A falta de limpeza, o aumento de bares e esplanadas nas ruas estreitas da baixa leva ao aumento da insegurança.
Estes tês pontos estão todos interligados, e em nada contribuem para uma melhor imagem da baixa e muito menos para a economia local e leva ao aumento da criminalidade coo aconteceu hoje com a agressão a um idoso para lhe roubarem a carteira.
Algumas ruas estreitas da baixa e mais concretamente a Rua das Azeiteiras, Rua da Rãs, Beco de Santa Maria e Terreiro do Mendonça não são limpas e o lixo recolhido, porque o carro de recolha do lixo não consegue passar na rua devido ao amontoar de esplanadas que ocupam mais de metade das ruas em largura. Não sei se estão licenciadas, mas se o estão quem as licenciou não verificou o local e aposto que não sabe as caracteristicas das ruas em causa, se estão ilegais a Policia Municipal tem de intervir rapidamente para disciplinar as esplanadas.
Estas duas ruas em concreto ficam a poucos metros da Cozinha Económica e do Largo do Romal e estão a transformar-se numa zona ainda mais problemática.
A grande maioria das pessoas que frequentam aquela zona não é muito recomendável embora em particular não tenha razão de queixa, mas os assaltos por esticão e alguns com alguma violência têm aumentado, trafico e consumo de droga e agressões entre grupos rivais de delinquentes
Dinamismo para a baixa sim, mas com regras e selectivo.
Agradeço que as autoridades competentes desta cidade estejam de alerta para que esta zona não se transforme num barril de pólvora.

Nota : Estes assuntos deviam fazer parte das preocupações da União de Freguesias de Coimbra que devia estar atenta e informar quem de direito.
Enviar um comentário