sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra: Afinal de contas quem não fala a verdade?

No dia 10 de Agosto desloquei-me ao Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra, para alertar que um prédio da Autarquia, que se situa na Rua das Azeiteiras, nº32, onde funcionou o Minimercado Humberto e que se encontra desabitado e em mau estado de conservação tinha um cadeado colocado na porta pessoas devidamente identificadas exteriores aos serviços camarários pelos moradores e por mim. Quem colocou o cadeado e entra para dentro do referido prédio, diz que tem autorização para o ocupar.
Fui recebido no Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra, por uma funcionária, que por sua vez chamou outra para falar comigo, que por sua vez me mandou voltar na segunda-feira de tarde para falar com os técnicos.
Resolvi dar conhecimento por correio electrónico à Policia Municipal e à Câmara Municipal, que me respondeu a dizer que o referido assunto tinha sido encaminhado para o Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra. Também informei por mensagem no dia 17 de Agosto o Senhor Vereador responsável pelo Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra, que me respondeu no mesmo dia a informar que tinha a informação que o prédio já estava desocupado e que não tinham dado autorização para o ocuparem.
No mesmo dia voltei a informar o Senhor Vereador, que o prédio continuava ocupado e que se mantinha lá o cadeado colocado por quem não o devia colocar.
Dai para a frente todos os dias faço questão de alertar sobre este assunto, não só pela ocupação/ utilização de um prédio da autarquia indevidamente, mas principalmente porque o prédio se encontra em mau estado de conservação e qualquer descuido com um cigarro pode provocar uma catástrofe na baixa.
Hoje pelas 12h45, fui abordado por um sujeito, que segundo sei é um dos proprietários do estabelecimento comercial ao lado do referido prédio, que me perguntou se eu era o Jorge Neves, e para me informar que por causa da minha denuncia, hoje teve uma fiscalização no estabelecimento e que o Senhor Vereador lhe deu autorização para ocupar o referido prédio, por isso é que o cadeado lá continua e ele é que tem as chaves para poder entrar e sair e que tinha a copia das fotografias e dos emails que enviei para a Câmara Municipal de Coimbra
Eu disse ao indivíduo que me abordou, que o Vereador do Departamento de Habitação da Câmara Municipal de Coimbra, me comunicou por mensagem a dizer que não tinha dado autorização alguma de ocupação, que não fiz denuncia alguma, mas sim me limitei a alertar a Câmara Municipal na minha qualidade de Vogal da Assembleia de Freguesia de São Bartolomeu e que hoje mesmo ia dar conhecimento formal à Junta de Freguesia.
Pelas 15h21 do dia de hoje, por mensagem, informei o Senhor Vereador da abordagem que me fizeram hoje, à qual ainda não recebi resposta.

Pode ler mais sobre este assunto clicando aqui!

Nota: Tenho guardado os emails e mensagens trocadas com a CMC, Policia Municipal e com o Senhor Vereador.

Enviar um comentário