sábado, 21 de setembro de 2013

A luta dos Pais da turma do 5ª ano da Jaime Cortesão já chegou à Assembleia da Republica









Fotografias da CDU de Coimbra.
Exmo. Senhor Ministro da Educação e Ciência

Jorge Manuel da Fonseca Neves, Representante dos Pais e Encarregados de Educação e Membro do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Coimbra Centro, vem por este meio solicitar uma resposta o mais rápido possível ao abrigo do Artigo 61º Direito dos interessados à informação conforme o Código de Procedimento Administrativo em vigor em Portugal.´
Solicito que se prenuncie acerca da turma do 5º Ano da Escola Jaime Cortesão em Coimbra, já que no passado dia 12 de Setembro assumiu publicamente que desconhecia o assunto e passados 10 dias continuam a não se prenunciar sobre o mesmo.
As diligências que o Agrupamento e o Representante dos Pais e Encarregados de Educação têm efectuado com o seu Ministério não têm sortido nenhum efeito, só na passada quinta-feira o Senhor Director-Geral da DGEST informou que este é um assunto que o Senhor Ministro tem de resolver e não ele.
Como estes pais e encarregados de educação querem o melhor para os seus filhos, o melhor inclui a sua evolução como cidadãos, a sua evolução como alunos e exigem a sua estabilidade, já que está em causa o futuro de 20 crianças com 10 anos de idade, que já apresentam perturbação do sono, irritabilidade e ansiedade.
Solicitamos mais uma vez que nos seja endereçada uma resposta nos termos do Artigo 61º do Código do Procedimento Administrativo.

Pede Deferimento

Representante dos Pais e Encarregados de Educação
Membro do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Coimbra Centro
Jorge Manuel da Fonseca neves


Coimbra, 20 de Setembro de 2013


Enviar um comentário