quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Movimento pela reabertura da EN110 na zona do Caneiro.


Concentração sábado pelas 15h00 no Caneiro

Já passaram vários dias e a Estrada Nacional 110 junto ao Caneiro continua encerrada à circulação automóvel devido a um deslizamento de terra e pedras.
Segundo a Estradas de Portugal, a estrada continua condicionada/encerrada para análise da encosta devido ao risco de um novo deslizamento de terra e pedras.
Os utilizadores da Estrada Nacional 110 estão a ser severamente penalizados pela demorada análise ao talude, já que em risco de deslizamento de terra e pedras é uma constante na Estrada Nacional 110 em todo o seu percurso entre Penacova e Coimbra, basta estar atento para se verificar que poucos metros à frente de onde a estrada se encontra encerrada que existe um separador em cimento que limita a estrada a uma única faixa de rodagem com semáforos à quase dois anos.
Apela-se a todos os habitantes utilizadores da EN110 para tomarem uma posição firme e demonstrarem o seu descontentamento por esta demorada analise ao talude, que não passa de uma enorme inércia e desrespeito pela população da parte da Estradas de Portugal SA, já que mais nenhuma informação concede.
Aclama-se a todos que se sentem prejudicados pela falta de informação e pelo corte demorado da EN 110 para no próximo sábado pelas 15h00 concentrarem-se na zona do Caneiro para demonstrar a indignação e articular uma acção futura caso a estrada permaneça encerrada.

Nota: Se a Estrada for reaberta ao trânsito automóvel até sexta-feira esta acção fica sem efeito.
Jorge Neves
Chelo
Enviar um comentário