domingo, 1 de maio de 2011

Abraço eterno Gui

O Gui quando veio estudar para Coimbra, ficou alojado na Rua Antero de Quental, onde conheceu a companheira dele a Joana. Tive o privilégio de aprender alguns valores com ele, ensinou-me a comer com os pauzinhos chineses, andou muita vez comigo ao colo, levou-me a passear ao Jardim da Sereia.
A minha falecida avó foi a mãe adoptiva do Gui durante vários anos, ambos tinham um carinho muito especial um pelo outro.
Gui é um grande Homem, grande amigo, até sempre.
Abraço eterno.
Enviar um comentário